CRIAR CORPO CRIAR CIDADE

CRIAR CORPO CRIAR CIDADE é um conjunto de seminários de investigação organizados em parceria entre o projecto Ágora: Encontros entre a Cidade e as Artes: Explorando novas Urbanidades [PTDC/ATP-GEO/3208/2014] e o c.e.m. – centro em movimento.

A proposta destes seminários é abordar a cidade (espaço, lugar e habitabilidade) na sua relação com o movimento do corpo (sensação, percepção e gesto), privilegiando-se uma matriz de pensamento crítico e uma perspectiva multidisciplinar na relação da arte com a cidade.

Destes seminários, emergiram dois volumes da publicação Criar Corpo Criar Cidade, onde os autores refletem e debatem questões sobre a experiência da cidade e dos corpos e a sua ressonância com a arte, abrindo a hipótese para a existência de outras urbanidades.

Ambos os volumes são de acesso livre.

Livro CRIAR CORPO, CRIAR CIDADE VOL. II

CCCC.png

Carregar nas imagens para aceder ao livro. Acesso livre.

Livro CRIAR CORPO, CRIAR CIDADE VOL. I

livro_final_Página_01.jpglivro_final_Página_03livro_final_Página_04.jpg

Carregar nas imagens para aceder ao livro. Acesso livre.

Programação 2021:

  • Fevereiro | Joana Pestana Lages | Uma (possível) leitura genderizada da casa, através da pandemia 
  • Março | Tiago Mota Saraiva | Será que nos podemos entender sobre o que nos é comum? Da participação institucionalizada à construção colectiva.
  • Abril | Alexandra Paio | Hoje, falamos sobre o Barreiro.
  • Maio | Natalia Gavazzo | Mujeres migrantes como cuidadoras ambientales en Buenos Aires.
  • Julho |  Da Ajuda às Necessidades – caminhada + piquenique + conversa com elementos dos colectivos Cidadãos pela Ajuda e Amigos da Tapada e membros da Rede para o Decrescimento, no âmbito do festival  Pedras’21 – o pequeno caos
  • Novembro | Catarina Laranjeiro e Tânia Dinis | “Álbuns de Guerra” é uma criação artística sobre a Guerra Colonial, a partir das imagens e memórias partilhadas por mulheres da zona do Vale do Ave que, ao longo dos 24 meses de serviço militar dos então namorados, noivos ou maridos, materializaram a sua relação amorosa trocando fotografias, aerogramas e cartas. Combinando o carácter ficcional e documental do testemunho, com a presença material da correspondência guardada, estas mulheres são convidadas a reinterpretar as suas memórias e narrativas da Guerra Colonial, imaginando outras histórias, para além daquela que viveram. Mais do que o homem que foi para a guerra, interessa a mulher que ficou à espera e cujos amores de juventude são o fio condutor para uma outra história, mais privada e sensível, sobre este conflito global.
  • Dezembro | Meghann Ormond | Roots Guide

Programação 2019-2020:

  • 12 de Dezembro – Ivo Meco | Jardins de Lisboa: histórias de espaços, plantas e pessoas
  • 16 de Janeiro | sessão especial com Ana Jara, Mariana Lemos, Margarida Reis e Silva e Ricardo Campos

Programação 2019:

Programação 2017-2018: